Orlando, FL - 20 de outubro de 2017

Fim do visto para EUA só depende do governo brasileiro, diz embaixadora

Embaixadora norte-americana no Brasil afirmou que 96% dos pedidos feitos do Brasil são aceitos, um dos principais requisitos para que haja isenção de vistos.

Publicado em: 04 maio 2015

visa-americano-02

A isenção de vistos para que brasileiros possam viajar aos Estados Unidos, assim como para que norte-americanos entrem no Brasil, voltou a ser discutido entre os dois países nas últimas semanas. Porém, os últimos ajustes dependem apenas de uma atitude do governo brasileiro. Para que o acordo seja firmado, os EUA exige não só a troca de informações prévia de passageiros, mas também a interação entre os dois sistemas de controle de imigração.

“Vamos ver o que o governo brasileiro apresenta. Estamos prontos para falar; temos feitos programas com outros governos e estamos prontos para fazer algum projeto piloto (com o Brasil). Mas vai depender das autoridades brasileiras”, disse Liliana Ayalde, embaixadora norte-americana no Brasil, em entrevista a Agência Estado.

A embaixadora afirmou que 96% dos pedidos feitos do Brasil são aceitos, um dos principais requisitos para que haja isenção de vistos. Para ela, o medo de não conseguir autorização é um mito.

Ainda segundo Ayalde, houve avanço no processo de concessão de visto graças à descentralização do atendimento, que há três anos era administrado exclusivamente pelos consulados e pela embaixada do país aqui no Brasil, além de demorar até 140 dias. “Nesse momento, são 10 dias no máximo”, conclui ela.

E você internauta do Acontece em Orlando é favor do fim do visto para brasileiros?

 

Com informações da Agência Estado.





Curta + Orlando